Novos Caminhos, Velhos Trilhos

julho 21, 2009

DESMATAMENTO E OXIGENIO

Filed under: 1 — sdusilek @ 6:59 pm

Nunca me envolvi com causas ecológicas. Não que não seja simpático a elas. Mas entre simpatia e envolvimento há uma grande diferença. Não defendo a atuação dessas ONG´s internacionais de defesa da Ecologia porque vejo nelas um neo-imperialismo. Em seus paises não resolvem nada. Mas aqui, no terceiro ou emergente mundo, conseguem algum espaço da mídia e exercem alguma pressão. Ora, se são tão bons, por que os Estados Unidos ainda não aderiram ao protocolo de Kioto?

Mas confesso que estou simpático a onda verde. Minha motivação extra não vem da visualização dos bichinhos sofrendo. Vem da política. Isso mesmo que você leu: política! Mais precisamente por conta dos senadores Tiao Viana e Marina Silva, do Acre.

Como explicar o comportamento coerente desses dois senadores? O que os diferencia do resto (literalmente RESTO) que está  no senado? O Partido (PT) é igual ao de muitos outros senadores. O ambiente é o mesmo. As vicissitudes idem. Como explicar esse nível de oxigenação no Senado Federal? Diante de um ar com tanto monóxido de carbono, de algo tão viciante,  como explicar essa postura diferenciada?

Creio que isso deve estar acontecendo por conta dos ares do Acre. O ar lá é mais puro. O oxigênio é mais abundante. Só isso explica a diferença entre eles e o RESTO… pena que não tenho como votar neles. Lamento também que não tenha no Rio Senadores como eles.

Viva a Floresta Amazonica! Em especial a que é pertencente ao ACRE!

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

Anúncios

julho 6, 2009

O que faz alguém afundar?

Filed under: Estudos — sdusilek @ 12:37 pm

Ouvindo meu pastor pregar hoje, Deus me levou a esboçar outra mensagem que nada tinha ligação com o que ele dizia, mas sim com o culto que prestamos. Antes que você ouse achar que ele pregou mal (coisa que ainda não vi!), eu preciso desfazer essa noção. Compreendo que quando Deus manifesta sua Glória, sua Presença num local, como a CBRIO (por exemplo), Ele “abusa” em falar conosco. Creio que para isso a vida do pastor conta muito. Daí, em dois minutos saiu o esboço de uma reflexão que quero compartilhar contigo.

O que faz alguém afundar? Por que alguém que andava tão bem, acaba em algum momento submergindo? O que torna alguém que respirava vítima de um afogamento?

Penso que em primeiro lugar está o pecado. O pecado pode parecer bom e atrativo. Pode também emprestar a você uma idéia de liberdade e de frescor. Mas na verdade o pecado é um peso tão grande que nos lança para longe do sagrado monte do Senhor. E longe de Deus nós só afundamos. Pecado meu querido pesa. Isso porque nenhum pecado passa incólume, sem conseqüências. Pecado pesa na alma, porque a culpa não tratada na Luz e com verdade se torna elemento corrosivo e pesaroso da alma. Pode crer: a culpa sufoca.

Há pessoas que hoje estão com a vida toda embaraçada devido a pecado. E só há um jeito de se livrar dele: confessá-lo a Deus, para obter do Senhor o perdão.

Mas nem só de pecado é que as pessoas se afogam. Há gente que está afundando porque racionaliza demais as coisas. Sempre se justifica. Nunca assume seus erros. Sempre os erros pertencem ao outro. Fazem coro com o despojado e sarcástico humor de Sartre em que dizia que “o inferno é o outro”. Tentam arrumar explicações para o que aconteceu. Tentam ponderar o que é impoderável. E assim, de escusa em escusa, de racionalização em racionalização, acabam afundando. Não foi assim com os discípulos a caminho de Emaús (Lc.24)? Se afogando na mágoa da separação, mas sem dar espaço para a consolação que vinha da Palavra de Deus? Pare de racionalizar! Acate o que Deus está lhe dizendo pela Sua Palavra!

Em terceiro lugar, há pessoas que se afundam por causa das bênçãos. Exatamente isso: bênçãos. Tem gente que não sabe lidar com a benção que Deus lhe concede. Ora para passar no vestibular e depois de aprovado esquece-se do Senhor ao longo do curso universitário. Pede a Deus uma namorada e depois se esquece de Deus, até o dia em que o namoro termina. Sabe quem não soube lidar com a benção? O Povo Hebreu na saída do Egito. Deus o abençoou e ele recebeu despojos (pagamento/bens – Ex.12). Mas na primeira oportunidade empregaram e entregaram a benção para construção de um ídolo… (Exodo 32). Tem noção? Pois é assim que muitos se afundam… não estão preparados para lidar com a benção porque embora tentem agradar a Deus, seus corações não são totalmente retos/inteiros diante dEle.

Para esses casos, ao invés da benção fazer subir, acaba pesando para descer abaixo do nível das águas. E aí o afundamento é certo!

Há gente que se afoga por conta dos entulhos que recebe na vida. Na Bíblia há um relato de uma guerra de dois reis Asa e Baasa (II Cronicas 16). Baasa estava construindo o primeiro grande muro de separação na Palestina, na cidade de Ramá. Queria impedir o contato e a travessia do reino do Norte (Israel) para o reino do Sul (Judá). Só que Asa contratou o exército Sírio que fez com que Baasa parasse a construção (16:1,5) deixando entulhos para trás. Asa não pediu para receber aquele entulho, mas ele fez algo maravilhoso com ele. Simplesmente ele pegou aquele material e edificou duas cidades (16:6). Sabe por que muitos afundam? Porque não sabem o que fazer com o entulho que recebem dos outros na vida. Sentem então o peso do entulho e submergem com extrema rapidez. Contudo, o segredo da vida não é desprezar o entulho que você recebeu, mas sim beneficiá-lo. Usá-lo na construção de algo realmente importante e de valor. Nas mãos de Deus, até mesmo entulho é transformado em benção!

Por fim há gente que se afoga por causa da incredulidade (Mt.14:22-36). Tem gente presa em sua estrutura de vida e que, mesmo estando cansado do vento contrário e de tanto remar, não consegue crer que Jesus vem em sua direção e socorro. Acabam achando, quando percebem a presença de Deus claramente se manifestando, que é uma alucinação, “um fantasma”. Não conseguem crer que é Jesus…

Outros há que ousam abandonar esta estrutura de vida (o barco onde se encontram) que impede que prossigam. Não conseguem crer que sob a ordem de Jesus podemos andar sobre os mares. Pedro tentou, mas acabou duvidando (v.31). Engraçado é que na hora em que precisamos mais crer é que justamente sentimos medo. Nessa hora bate a dúvida, e deixamos de olhar para Jesus para reparar na força do vento (v.30). Só resta a incredulidade tomar o coração.

Mas a boa notícia (o Evangelho é impregnado de boas notícias) é que Deus não nos deixa afundar. Sua destra poderosa está bem perto de nós, pronta para nos soerguer ao menor sussurro, ao maior clamor. Deus nos sustém. Deus nos levanta. Deus nos leva aos altos céus para respirarmos um ar puro (Is.40:31).

Para que afundar? Clame ao Senhor e agarre a mão de Jesus que está estendida em sua direção. Creia no Senhor Jesus.

 

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

O BLOG, O BLOGUEIRO E O OLHEIRO…

Filed under: 1 — sdusilek @ 2:27 am

Há pessoas que realmente não entendem o que é um blog e para que ele serve. E aí ficam falando em palanques contra esse meio que, como toda a internet, pode ser abençoador ou não, dependendo do seu uso.

Então, para você (é você mesmo! rsrs!) que tem uma certa deficiência intelectiva (rsrsrs!), mas que sobra em esperteza, explico:

a) que o blog é um espaço virtual e pessoal de divulgação especialmente de textos.  Como tal, você vai encontrar em cada blog a paixão e a pessoalidade de cada um. Não vou falar aqui de astros do cinema, porque isso nao tem a minha cara. Falo aqui de tudo que é do Reino de Deus, inclusive servindo-me do blog para denunciar, não pessoas, mas imposturas espirituais. Já nem falo de incompatibilidade com a função de liderança, pois as imposturas que trato aqui (quando as trato) antecedem a liderança. Por isso chamei como marcado está. Não jogo palavras ao vento;

b) o blogueiro no caso sou eu. Noblat tem um otimo blog sobre política. Mainardi parece, segundo sua coluna na Veja dessa semana, desistiu do blog anti-Lula. Eu faço o blog sobre o que me interessa. E busco a verdade do Reino e a edificação de vidas. Porque sem verdade não há edificação, conquanto haja gente que julgue ser possível conciliar mentira e construção. Argh!

c) já o olheiro… não é de você que estou falando, meu caro fiel ou ocasional leitor.  Estou falando aqui daqueles que entram no blog para espiar… para ver o que está sendo dito… para imprimir parte dos textos, não para distribuição, mas para arquivo (colocam na pastinha… e tem de ser pequeninha, porque senão, a pasta carregaria o dono (rsrsrs!)). O que move a visita é a mórbida espionagem, não a curiosidade. Acham que tem algo para ser escondido…  será por que o olheiro é que teria algo a esconder? Olheiro  é covarde porque socializa os seus pecados na conta da barriga vazia dos outros…que vergonha!

A você, fiel companheiro, obrigado! Em menos de 1 ano e  sem divulgação nenhuma, estamos beirando 8.000 acessos. A você que tem sido edificado, peço perdão por esses textos “lacunas” que vez por outra posto. Mas as vezes temos que falar com os olheiros tambem…

Sei que você me entende. Sei que você, fiel leitor, me entenderá.

APROVEITO O ENSEJO PARA, EM NOME DOS BLOGUEIROS, AGRADECER A TODOS OS PASTORES QUE FAZEM PUBLICIDADE DOS BLOG´S NOS PÚLPITOS. ACEITE NOSSA GRATIDÃO.

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

julho 2, 2009

AMIGO

Filed under: Estudos — sdusilek @ 7:32 pm

Pensamentos sobre o amigo…

1) Amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito… já dizia Milton Nascimento;

2) Amigo é quem nos ama independente da circunstância. Se estamos no poder ou na senzala;

3) Amigo é aquele para quem abrimos o coração sem reservas, com quem compartilhamos até mesmo juízos! Com amigos não ficamos na conversa de “clichê”.

4) Amigo é aquele diante de quem conseguimos ficar em silencio sem que haja constrangimento nisso;

5) Amigo é aquele que consegue tirar água de pedra; consegue fazer a gente rir quando queremos chorar;

6) Amigo é aquele que nos ouve. É tambem aquele que nos fala;

7) Amigo é com quem podemos chorar sem constrangimento. É com quem não ficamos embaçados quando nossa vista embaça…

8) Amigo é gente que Deus aproxima de nós. Gente que é verdadeira e cheia de Graça;

9) Amigo é benção de Deus. É azeite, unção do Alto que recai sobre nossa vida, trazendo alívio e frescor diante do sol da vida ao qual somos submetidos;

10) Amigo não é temporário. Quem foi temporário nunca foi seu amigo! Amigo é gente que voce confia em todo tempo, mesmo que já faça algum que você não o veja;

11) Amigo é presente. Presente no sentido de agraciamento, mas presente também no sentido de companheirismo nas horas de agrura;

12) Amigo é aquele diante de quem voce nao se explica, nao enrola, não manipula. Com amigo, se é e pronto!

13) Amigo não fala  mal de amigo. Quem fala mal de amigo é INIMIGO.

14) Amigo se posiciona sempre com a verdade frente a mentira. Amigo é ponderado e não coercitivo.

15) Amigo se alegra com os sucessos do outro. Amigo ora pelo outro.

Escrevi isso porque agora em Julho se comemora o dia internacional do amigo. E precisava fazer esse parentesis, pois Deus tem me dado amigos. Deus também me deu o privilégi0 de ver aqueles que se diziam amigos e que nunca o foram. Isso me fez valorizar ainda mais todos  aqueles que são verdadeiros amigos.

E aqui, rendo homenagem a um caro amigo chamado Ronald Souza. De tantos exemplos que podia citar, resolvi honrar aquele que  é um bom exemplo do que escrevi.

Amaldiçoado, anátema é aquele que, podendo desfrutar de um amigo como Ronald, acaba perdendo esse presente e essa benção de Deus. Somente alguém que nao é de Deus para perder coisas e gente do Senhor como Roninho.

“Quem tem ouvidos para ouvir (e eu acrescentaria – e olhos para ver)  ouça (ou veja)”. [Palavras do Amigo Jesus Cristo]

 

Serginho (hoje assino assim pois é como sou chamado pelo Pr.Ronald).

sdusilek@gmail.com

Curtas

Filed under: Cultura — sdusilek @ 10:18 am

1) Sobre a Camara dos Deputados…

Faz sentido que o Conselho de Ética tenha rejeitado o parecer do relator pedindo a cassação do Sr.Edmar, o deputado do castelo. Primeiro porque a unica coisa que nao existe no Congresso é ÉTICA (aliás, essa palavra vai cair em desgraça daqui a pouco se o Parlamento brasileiro continuar a usá-la para dar nome a uma de suas comissões). Sobre isso minha sugestão é que se mude o nome para comissão amoral. Porque só iria para julgamento e análise casos que extrapolariam a imoralidade. Que tal?

Segundo porque a “nobreza encastelada” dos parlamentares necessita de um castelo para continuar nesse mundo de fantasia em que vivem.

2) Pede para sair 01!!

Presidente Sarney… pede pra sair!! Antes que o povo, seus pares achem que talvez seja necessário um veterinário… afinal, sarn… não sai fácil…

E o PT ainda tem o displante de discutir, em sua bancada no Senado, se continua ou não a dar apoio a Sarney… quem lhe viu e quem lhe vê…

3) Marthin Luther King Jr.

Boa frase desse grande pastor batista que um amigo meu relembrou num texto recentemente:

“Talvez não tenhamos feito o melhor para que o melhor fosse feito. Não somos o que queremos ser; não somos o que devemos ser; não somos o que iremos ser. Mas graças ao Deus todo-poderoso, já não somos o que éramos”.

Pense nisso.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.