Novos Caminhos, Velhos Trilhos

março 29, 2010

POESIA PARA VOCE!

Filed under: Cultura — sdusilek @ 12:35 am

Quem me conhece sabe que nunca fui fa Legiao Urbana. Mas nao posso negar como Renato Russo foi feliz quando compos essa letra. Veja se voce ja na passou por relacionamentos com gente que foi exatamente assim.

Deixe a poesia falar ao seu coracao. Poesia eh a forma de comunicar algo que toca diretamente nas cordas de nossa alma. Poesia retira musica (e musica boa!) do nosso coracao mesmo quando este estah silente.

Espero que essa letra de Renato Russo faca voce refletir e sua alma… tocar!

Composição: Renato Russo
Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez eu sei
Escuridão já vi pior de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem.
Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja a nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!

Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez eu sei
Escuridão já vi pior de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem.
Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena
Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém

Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!

Anúncios

março 16, 2010

QUEM SOMOS NÓS?

Filed under: Teologia — sdusilek @ 11:45 am

Pergunta boba, resposta difícil. O ser humano vem tentando descobrir há milênios quem realmente é. Dessa pergunta, da busca pela auto-compreensão e pelo auto-entendimento, surgiram importantes ramos do saber humano como a mãe das ciências – a Filosofia; Antropologia e Psicologia, entre outros. De fato ler a visão antropológica dos grandes filósofos ou mesmo dos grandes servos de Deus enriquece nosso saber. Mas não vou me preocupar aqui com essa forma nobre de abordagem. Quero saber se você sabe quem você é, na medida em que nos permitimos conhecer e na medida em que podemos conhecer. Sim, porque há uma parte de nós (inconsciente) que só Deus conhece (Sal.139). Mas há uma parte que podemos e devemos conhecer. O que você tem feito com sua consciência?

Preocupa-me essas folhagens que usamos para nos esconder. Desde Adão, parece que não temos coragem de nos vermos como somos. Vivemos debaixo de folhas, de peles, de circunstâncias, dos outros, sempre para fugirmos de um encontro existencial. E é esse encontro que cria a ambiência para a libertação, porque ao nos enxergamos como somos, nos tornamos prontos e conscientemente carentes da Graça de Deus. Graça essa manifesta no Éden. Graça essa ratificada na Cruz do Calvário. Se quisermos viver pela Graça e na Graça de Jesus, precisamos parar de nos esconder. A benção do flagrante para a mulher adúltera (Joao  8) foi o fato dela ser apresentada diante de Jesus sem capa. Só pode receber a cura quem chega despido de alma, sem barreiras, sem racionalizações perante Jesus. Não foi assim com o General Naamã (II Reis 5 e Lucas 4:27)? E parar de se esconder é se mostrar “sem capa”. Elias se mostrou sem capa para Eliseu (II Reis 2:13). Um profeta que não tinha nada a esconder. Um profeta que era o que era com a marca de seu profetismo (sua capa) ou sem ela. Não havia duas faces em Elias. Ele era o que era. O que não dizer do cego de Jericó (Mc.10:50) que ao encontrar Jesus deixou a marca do seu estado, sua capa, para trás? Por que alguns insistem usar capa diante de Jesus? Aquele desprendimento foi notado pelo Mestre que viu sua fé, o curou e permitiu que aquele homem o seguisse pelo caminho. Não mais a beira. Agora no caminho. E Jesus? Sua túnica, sua capa (Joao 19:23) foi retirada. O que todos passamos a ver então? O amor de Deus, o acolhimento do Senhor, expresso pelos braços abertos diante do Senhor. Jesus era quem era. Com capa e sem capa Ele sempre foi a maior expressão do Amor de Deus. Não foi a cruz que disse quem Ele foi, mas Cristo é que deu novo significado a cruz. Seus braços entraram em rápida câimbra, devido a posição que ficou e ao sangramento que sofreu. Isso implica dizer que Deus pode ter câimbras, mas jamais se furtará a abraçar você! Embaixo do que você está se escondendo? Que capa é essa que você tem usado para não permitir que Deus chegue até você? Que túnica é essa que você veste que lhe impede até mesmo de tomar consciência de quem você é?

Deus quer trabalhar você e livrá-lo da tirania dos “papéis”. Não somos atores. Não devíamos usar máscaras. Somos pessoas. E Deus lida conosco para além das aparências. Ele vai até o fundo do coração. Quem é você? Deixe Deus sondá-lo e mostrar a você. Deixe Ele reformar sua vida. Ele quer fazer an extreme make over em você. Lembre-se que você é como oliveira verde na casa de Deus (Salmo 52:8). Ele cuida e Ele mesmo poda. Mas tudo para nosso bem e para a Glória dEle.

Com carinho,

Pr.Sergio Dusilek

 sdusilek@gmail.com

WWW.cbrio.com.br

março 5, 2010

QUANDO SAEM OS BONS

Filed under: Liderança — sdusilek @ 6:25 pm

Há momentos na vida que são inesquecíveis. Casamentos, datas especiais, nascimento de filho… mas há momentos também que você é inserido na História. Hoje participei de um deles. Estou falando da renúncia do Pastor, Profeta e mui querido Carlos Elias da presidência da Convenção Batista Carioca.

Conheci Pr.Carlos ainda como seminarista. Travamos uma amizade de respeito e consideração mútua por conta do nosso tempo de estudo no STBSB. Estudamos no mesmo período (1995-1998), eu pela manha e ele pela noite. Nosso relacionamento foi construído em sala de aula, tanto nas matérias que ele fazia pela manhã, quanto nas que eu fazia a noite com ele.

Pude perceber nesse tempo que Pr.Carlos é homem sério, inteligente, íntegro, amante da verdade, e servo fidelíssimo de Jesus. É trabalhador (quem o conhece sabe quanto ele trabalha) e dedicadíssimo. Aplicado à correção, transpira a transparência que há no Reino de Deus e que falta nos corredores da religião institucionalizada. Sem dúvida ele é uma das melhores coisas que aconteceu no seio dos batistas brasileiros em décadas.

Pr.Carlos é um homem BOM. Em sua boca não há dolo. Em seu coração não há perversidade. Ele é uma dessas pessoas que refletem o Deus a quem serve. Se Deus é Bom (e de fato Ele o é!), reconhecer a bondade de alguém é também reafirmar a presença e a intensidade do Senhor na vida dessa pessoa. Num tempo escasso de bondade, Carlos Elias se tornou uma espécie de Oásis. E como todo Oásis, ele nunca foi a fonte de água, mas nele está presente a FONTE que é JESUS.

Alguém como ele deveria durar anos na liderança do povo de Deus. O próprio testemunho de inúmeros líderes de como ele foi eleito na ultima assembléia anual da CBC, aponta para uma incrível verdade: ele foi a última aposta de Deus como resposta à oração de servos fiéis que clamavam por Sua intervenção no âmbito do trabalho batista carioca. Tenho a vívida sensação de que agora o cálice da maldade subiu até os céus (Jn.1:1-2) e que a justiça do Senhor, seu “vento oriental”(Ez.8) soprará com toda força sobre esse apodrecido tecido religioso que se tornou a cooperação batista no Rio de Janeiro.

Há horas que os bons se cansam. Há horas que os bons percebem que estão a remar sozinhos. E não é no meio do mar. Se fosse assim… é no meio do lodo,  no meio de um lamaçal mesmo. Há horas em que a crise de valores se torna tão aguda e acentuada (a ponto das pessoas acharem correto fazer o que é errado) que não há mais nada a ser feito. Nessa hora é preciso sair.

Penso que os bons têm que sair. Não para que o mal tome o espaço. Mas para que a justiça de Deus se estabeleça. Pois onde há um justo (“exterminarás o justo com o ímpio?” – Gen.18:23b), nem “sodomas confessionais”, nem “Gomorras institucionais” podem ser alvos do juízo divino. Aliás haverá menos rigor para estas cidades no dia do juízo do que para o conselho da CBC que hoje esteve reunido (Mt.11:24).

Quando os bons saem:

a)      O juízo vem. E que Ele venha mesmo! Coisas estranhas começarão a acontecer no “nosso meio”, e hoje pela manha entendo que foi decretada a sorte da CBC – os babilônios (coisa que falei há 3 anos no plenário da CBC em Vila da Penha) já estão vindo sobre a convenção. Pode crer nisso;

b)      Há folga para o justo – de alguma forma Deus livrou Seu servo Carlos Elias de um atoleiro (Salmo 40:2). Perceba que no atoleiro a lama não está dentro do salmista, mas fora dele. Pr.Carlos, Deus deu livramento a você;

c)       O testemunho dele, o cântico novo a que faz menção o verso 3 do Salmo 40, impactará muito mais gente que a permanência no meio de “pano velho”. Creio piamente que o profícuo ministério do Pr.Carlos Elias se tornará ainda mais amplo e abençoado do que já é e que o Salmo 40 se cumprirá em sua vida e em sua igreja.

d)      Há oportunidade do novo. Quem eram os bons na época de Jesus? Ele e Joao Batista desenvolveram ministérios, como bem lembra Pr.Novaes, à margem de tudo aquilo que era institucional. Quando os bons passam para a margem e os marginais para o centro do poder, percebo nisso uma ação do Espírito para realizar algo novo. O Sinédrio teve inúmeras reuniões ao longo de sua existência. Deus não esteve presente em nenhuma delas. Isso porque Jesus, encarnação do Verbo, andava bem longe dali. Os Caminhos do Reino não passam pelas salas de reuniões de lideranças religiosas apegadas às sombras (Heb.10:1) e não a JESUS (Heb.1:1-2)!

Chegou então a hora da novidade de Deus! Como ela vai aparecer eu não sei. Mas convicto estou que vem surgindo (Is.43:18,19).

e)      Quando os bons saem a história é escrita e o apocalipse é vivido (Ap.6:9-11). O “5º selo” é retirado. E logo depois dele vem o “6º”… pode parecer óbvio, mas leia o verso 12 em diante para que você entenda o porquê da ênfase.

f)       Quando os bons saem há separação e distinção (joio e trigo). Agora é hora dos demais bons saírem também, uma vez que a praga do joio já tomou conta. Quem ficar praticamente se declara joio também;

g)      Por fim quando os bons saem há testemunho – um centurião testemunhou de Jesus (Lc.23:47). Na boca de qualquer presente há uma afirmação: “Verdadeiramente este homem era justo”.

Sai dessa reunião conversando com Pr.Novaes sobre o que vimos e vivemos. Disse que publicaria pelo menos 1 texto no meu blog sobre isso. Ele também o faria como já o fez.

Que Deus continue a derramar sua benção sobre você Pr.Carlos Elias, filho do Altíssimo!

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

AGENDA – PR.SERGIO DUSILEK

Filed under: AGENDA — sdusilek @ 1:45 am

 Para você que quer saber por onde ando, disponibilizo minha agenda (até o presente momento) afim de que ore por mim e se puder, apareça!

LEMBRO A VOCE QUE TODAS AS TERÇAS, DE 20-21:00H ESTAREI NA CAPELA ECUMENICA DO RIO-2, E AOS DOMINGOS MINISTRANDO A PALAVRA DE 11.00-12.30H NO MESMO ENDEREÇO.

JANEIRO

07/01/10 – CONABAM – Congresso de Adolescentes Batistas da Associação Mageense-RJ

31/01/10 – IB TAUA (N) – Culto do Estudante

FEVEREIRO

24/02 – SIB BARRA MANSA-RJ

MARÇO

13/03 – Aniversario da PIB  em Rio Comprido – RJ/RJ

27-28/03 –  ANIVERSARIO DA PIB EM MATELANDIA -PR

ABRIL

01-04/04 – RETIRO DE JOVENS DA IGREJA EVANGELICA EL SHADDAY – MACEIO-AL

23-24/04 – CBRIO – RESTAURANDO

MAIO

02/05 – Igreja Batista Memorial em Jardim Catarina (N)

07/05 – IBC Campo Grande (N)

09/05 – PIB Cascadura (N)

28-30/05 – Retiro de Jovens – IB BARRO PRETO – BHZ-MG

JUNHO

05-06/06 – JUBILEU DE OURO – IGREJA BATISTA DA GRAÇA – SP

27/06 – PIB Marechal Hermes (RJ/RJ) – (N)

JULHO

AGOSTO

07/08 – CONGRESSO JOVEM – QUARTA IGREJA BATISTA DE MACAE – RJ

08/08 – CONGRESSO DE JUVENTUDE – PIB DO ANIL – RJ/RJ

23/08 – CONGRESSO DE JUVENTUDE – IB JACATIRAO – DUQUE DE CAXIAS-RJ

27-29/08 – Congresso Juventude – PIB CANAA – VIANA – ES

SETEMBRO

07/09 – Aniversário da 4a Igreja Batista do Rio de Janeiro

12/09 – (N) Igreja Batista Central de Santíssimo (RJ/RJ)

25/09 – Encontro de Jovens com Cristo – PIB Belem-PA

(10 ANOS DE MINISTERIO – IB NOVA ALIANCA – JUIZ DE FORA-MG)

OUTUBRO

10/10 – IB Barra de Macaé (N)

15-16/10  – RESTAURANDO – CBRIO

17/10 – PIB CASCADURA (N)

23-24/10 – ANIVERSARIO DA  IB FLORESTA (AC)

30-31/10 – Aniversario da PIB Itaparica – Vila Velha – ES

NOVEMBRO

24/11-08/12 – PIB Brasileira em Jacksonville – USA

Caso queira maiores detalhes, pode mandar um e-mail para mim: sdusilek@gmail.com

Conto com suas orações!

Que a Graça de Jesus transborde sobre voce!

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

março 4, 2010

PARA ONDE DÃO AS SUAS JANELAS (Daniel 6:10b)?

Filed under: Estudos — sdusilek @ 10:16 pm

Houve um momento da vida de Daniel que foi crucial. Pessoas que o cercavam e que não eram suas amigas (nem todos que nos cercam nos amam) quiseram incriminá-lo. Fizeram de tudo, mas nenhuma auditoria ou mesmo uma proposta indecente corrompeu a incrível integridade daquele profeta (v.4). Até que armaram uma cilada ligada a questão de fé (v.5). Pois foi nessa hora de injustiça, de conluio, de ameaça a própria vida é que encontramos Daniel prostrado diante de Deus diante das janelas do seu quarto (v.10). É dessa linda imagem bíblica que queremos extrair algumas lições.

A primeira delas atem-se ao fato de que janelas apontam para os referenciais que temos na vida. Tudo que Daniel era em essência estava ligado a Jerusalém, não tanto a terra, mas para o significado dela. Em Jerusalém ele aprendera a amar a Deus. Em Jerusalém ele aprendera a depender de Deus. Por isso suas janelas davam para Jerusalém. Aquilo que não era acaso. Daniel resolveu fazer de seu lar um memorial de fé. Aprendo aqui com Daniel que semelhantemente Jerusalém tem de ser nosso referencial. Não a Jerusalém palestínica, mas sim a celestial. Quem vive orientado para a Jerusalém celestial vive orientado por Deus. Gente assim tem janela que dá para o céu. Gente assim tem referenciais de vida que são eternos.

Justamente porque as janelas dão para o céu é que elas ficam abertas. Não adianta ter janelas voltadas para “Jerusalém” se elas estiverem fechadas. Janelas fechadas não recebem coisa alguma. Janelas abertas estão escancaradas para tudo que vier do trono do Altíssimo (que está na Nova Jerusalém), seja em forma de bênçãos, de consolo, de alegria, de realização ou mesmo de repreensão. As janelas da sua alma estão abertas ou fechadas para Deus?

As janelas são importantes porque por elas a luz entra numa casa. E quando pensamos em luz é impossível desassociar do Senhor, pois Ele é luz (I Jo.1:5). Há lares e vidas que vivem uma escuridão porque não permitem a entrada da luz. São cubículos sem janelas. Não querem saber da igreja, de meditar na Palavra, de orar… janelas essas que Deus criou para que a Luz pudesse entrar. Na própria organização pessoal da vida, não há espaço/janela para manter um momento devocional e de comunhão com Deus. Se esse é seu caso, chegou a hora da marreta. Quebre esse cubículo e estabeleça janelas nele!

Janelas dão para a transparência. Quem tem janelas não tem vergonha de mostrar o que é, a parte de dentro de sua vida. Daniel era assim. O texto citado ele afirma que Daniel continuou fazendo e sendo o que era. Ele orava antes. Continuou orando depois do decreto ameaçador do rei. Sua vida é transparente? Ou faltam janelas?

Por fim janelas apontam para onde olhamos, para até onde nossa visão alcança. E falar em visão é também falar em esperança. Daniel tinha a esperança de que mesmo num contexto todo desfavorável Deus o usaria. Ele tinha esperança de que mesmo recebendo uma sentença de morte (aquele decreto real representava isso) a última palavra sobre sua vida estava com o Senhor! Aleluia, porque noticias e prenúncios ruins não são maiores que o Senhor nosso Deus! E nEle podemos colocar nossa esperança! As coisas andam complicadas? Coloque sua visão no Senhor Jesus! Ele renovará a sua esperança! Aliás Jürgen Moltmann vai lembrar que esperança é uma herança e peculiaridade cristã.

Afinal, para onde dão as suas janelas?

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

Blog no WordPress.com.