Novos Caminhos, Velhos Trilhos

dezembro 15, 2014

ELES QUEREM MAIS!!!

Filed under: Sem categoria — sdusilek @ 4:09 pm

Demorei para escrever esse post. Andei lendo, observando, ouvindo, pensando na situação política do nosso país. Lamento que tenhamos chegado a uma cristalização de uma divisão: entre “nós e eles”, Sul e Norte, Bolsistas e não bolsistas, pró PT e contra PT, entre outras tantas. Esse tipo de cultivo da beligerância faz muito mal a alma de qualquer povo. Não é a toa que vivemos no Brasil um momento, como bem disse Pr.Grellert quando aqui esteve recentemente, de “espiritualidade violenta”. O país cheira violência. Não só nos crimes comuns e bárbaros que vemos nos noticiários. Mas também no agravamento da corrupção, na condução da Petrobras para o buraco… a propósito destaco que talvez a única saída, pasmem vocês porque é no governo do PT que isso ocorre, para a “jóia da coroa” venha a ser a privatização.
Analisei o que pude, dentre documentários, textos, posts, entrevistas, painéis. Refleti. Hoje não tenho dúvidas de que o PT pretende promover um “remake” bolivariano no Brasil.
O “Foro de São Paulo” é uma declaração aberta dessa intenção. Tentar negá-lo ou escondê-lo, como fazem muitos dos petistas é no mínimo um contra-senso. Ele está na internet, disponível em todo tempo. E lá há uma clara intenção de avermelhar o país. Intenção esta que pode ser visualizada na inacreditável política externa de Lula e de Dilma. Política essa que procura conversa com quem decapita os contrários…
Mas nem só de decapitações externas vive o mundo. Aqui no Brasil elas acontecem internamente também. As primeiras, em forma de tortura aconteceram no regime militar. É inominável alguém, principalmente estando sob o aparato e força do Estado, violentar seu semelhante seja a que título for. É vergonhoso, esdrúxulo, e sei lá mais o que. Ao torturar e ao sumirem com presos políticos, a ditadura “decapitava” seus opositores, seja matando-os nas sessões de tortura, seja amargurando essas vidas por conta da violência covarde a que foram submetidas. Agora, se os militares tentavam apagar seus opositores, o  PT tem procurado descaracterizar  os seus altercadores. A última foi a infeliz palavra de Bolsonaro. Antes de mais nada, vejo esse deputado com grande preocupação. Não concordo com ele, mas ele tem o direito de se expressar e representar uma parte da população que é de extrema direita. Ora, por que a democracia tem que agüentar PSTU, PSOL, PCO, e não pode tolerar gente de estrema direita como Ronaldo Caiado, Bolsonaro, entre outros? Que democracia é esta que se pretende qualificar, ou ainda desqualificar, quem pode ou não falar? Pois bem, no embate de Bolsonaro com Maria do Rosário, uma infeliz deputada tal qual seu rival, ninguém destacou, citou a fala dela, mas todos focaram a reação do Bolsonaro. Esta última foi leviana, concordo. Mas destacá-la fora do contexto é tão leviano quanto o conteúdo que ele disse. Isso não é justo. Que se julgue o que ele disse mas dentro do contexto da fala. Isso não é atenuante, mas é correção.
O que não dizer do vândalo ataque a Sede do Grupo Abril/Veja em São Paulo? Não concordo com o que a VEJA fez. Mas de igual modo não posso achar que isso me dá o direito de sair depredando o patrimônio alheio. Será que queremos regredir a uma sociedade pré-histórica?
Não gostei também das vaias aos Senadores Aloisio Nunes (PSDB/SP) e Aécio Neves (PSDB/MG) quando ocuparam a tribuna do Congresso por ocasião da aprovação da alteração do superávit primário. Ora, quem não concorda com essa arrumação não pode se expressar? Isso não é democracia…
E por que Dilma e outros que estão a frente do poder tentam esconder que procuravam não a liberdade, mas a implantação de um governo comunista no Brasil, quando pegaram em armas na juventude? Já vi pelo menos duas falas, uma do candidato a presidente pelo PV em 2014 Eduardo Jorge, e outra da Zenaide M. de Oliveira que afirmaram ser esse o intento inicial. Zenaide inclusive foi mais didática. Ela disse que durante a ditadura militar muitos lutaram de diferentes modos: uns pegando em armas, outros na fronteira intelectual, outros na luta pelos direitos humanos ou mesmo na defesa de gente que estava sendo arrastada aos tribunais militares; na fronteira junto a organismos internacionais, etc. Fato é que lutavam por uma reversão sistêmica e como o socialismo jamais foi implantado sem uma ditadura, a proposta original pelo menos para os líderes, era a troca de uma ditadura pela outra. Que igualdade seria essa?
A lista de fatos de fato é longa. E me preocupo com essa guinada, não porque seja contra o socialismo dos livros, o utópico, mas porque historicamente não saiba de uma projeto socialista ou mesmo comunista, que tenha sido um sucesso. O único socialismo que foi implementado com sucesso na História foi o da Igreja Primeva e durou três capítulos (Atos 2-5). O ideal de Reino de Deus continua sendo a doce utopia igualitária cristã, que enche o coração de todos de esperança!

Listo então alguns poucos pontos do porque vejo com preocupação essa tentativa de guinada para a esquerda:
Primeiro porque todos descambaram para a ditadura de esquerda. É fato histórico que Stalin matou mais dissidentes na URSS do que Hitler a judeus. Só que o primeiro teve a “sorte” de ficar escondido atrás da demonização do segundo. Ambos foram nocivos para a humanidade.
Segundo porque o socialismo que procura se enraizar na realidade histórica é aquele que pulveriza a pobreza. Não é uma distribuição da riqueza que acontece. Não se iluda. É uma aspersão da pobreza sobre todos. Toda uma nação fica banhada sobre a carestia. Nesse sentido, ele não resolve o problema social, só o agrava mais, porque inclui outros na linha de pobreza.
Terceiro porque ele não resolve o principal impedimento para a justiça: o egoísmo do homem. Ora, se todos aprendessem a repartir e fossem dadivosos, misericordiosos, não importando o sistema no qual estivéssemos inseridos, o mundo seria mais justo. Mas o que vemos? Na prática há uma desigualdade mais nociva do que a do capitalismo. Uma outra “aristocracia” se levanta, só que esta é baseada não nos seus méritos, nem em seu trabalho, mas no partido! Não é isso que alguns ex-guerrilheiros estão fazendo? Não estão alguns deles enriquecidos? Lula, Dirceu… e a lista não fecha… Ora, mas eles não lutam pela igualdade social? Sim, eu diria, igualdade para os outros; não para eles. O fato é que o ideal socialista não tem poder para matar o germe (ou seria o verme?) da desigualdade que é o egoísmo humano, fruto do seu pecado.
Penso, portanto, que eles querem mais. Não sei se vão conseguir isso aqui, mas está claro para mim que estão tentando seguindo a bula de Gramsci. E nesse tocante, sou radicalmente contra. Contra esse socialismo “neocalvinista” que confisca bens de toda uma vida, mas que permite que os “eleitos do partido” se tornem milionários, como o exemplo de Fidel Castro. Contra essa forma de perpetuação da desigualdade sob o codinome de igualdade. Avesso a essa maneira sub-reptícia, velada, esgueirada de conduzir as coisas.
Quero e oro por um Brasil mais justo e igualitário. Mas hoje tenho a convicção que esses valores não fazem parte do lastro do PT. Pelo contrário: o rastro desse partido o conduz para outra direção.
Nesse sentido, convido a voce a ficar atento e se manifestar contrário a esse partido e a seu projeto político de poder em toda forma eletiva que tivermos (ou ainda tivermos).

Por fim destaco que penso de modo independente. Quem me conhece sabe que não fecho os olhos para aquilo que está errado, seja eu simpatizante ou não daquele movimento/partido. Por isso peço a voce que ao terminar esta leitura, não me enquadre em um viés partidário. Político talvez sim, contudo partidário não. Afinal, nenhum deles me representa.

Pr.Sergio Dusilek
(ex-petista, não de carteirinha (literalmente))
sdusilek@gmail.com

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: