Novos Caminhos, Velhos Trilhos

abril 9, 2012

POR QUE NÃO TEMOS A FACE DE JESUS?

Filed under: Teologia — sdusilek @ 1:37 am

POR QUE NÃO TEMOS A FACE DE JESUS?

É no mínimo interessante esse renascimento da vontade de se ver a face de Jesus. Que esse rosto vem sendo perseguido em cânticos nas igrejas isso é notório. Que alguns, em períodos de êxtase na adoração jurem ter visto a cara de Jesus (mesmo estando de olhos fechados e tendo esse pretenso Jesus uma cara de Gary Oldman com lentes azuis) isso é normal. Contudo é curioso que se busque um aperfeiçoamento científico para se produzir e atestar a cara do Mestre.

Provocativo também é o fato de que o mesmo Deus que se preocupou em velar e manter Sua Palavra por séculos a fio, não teve o menor interesse em perpetuar a imagem de Jesus. Penso, e aqui compartilho, pelo menos três motivos para isso:

a)      A face de Jesus Cristo é maior do que um rosto humano. A expressão divina, a visualização de um Deus glorificado (vide Ap.1), não cabe em categorias humanas. Por ser maior do que a cara de um homem não caberia em qualquer representação humana, ainda que Schelling atribuísse ao artista essa capacidade ímpar e sublime de representar aquilo que está além de nós. A face de Jesus de Nazaré é a face de Deus. É a face da Graça, a expressão do Amor divino! É a assinatura da aceitação! A Páscoa representa então esse convite, essa aceitação do Senhor para que nos assentemos à sua mesa.

 

b)      A face de Jesus não está impressa porque ela se faz expressa na vida dos seus seguidores. A face de Cristo está diluída em muitas faces: na sua, na minha, na da Igreja Batista Marapendi (da qual faço parte). Quando vivemos a vida de Cristo em nós (Gl.2:20) as pessoas passam a enxergá-Lo através de nós. Sua imagem passa então a ser expressa por nós. Por que ter uma face única, se Cristo pode ter diversas faces (a do seu povo)? É justamente na Ceia, na hora do partir o pão, de experimentar a comunhão é que vemos nitidamente espelhado no outro, no nosso irmão, a face de Jesus.

 

c)       A face de Jesus se manifesta nas ações dirigidas aos desvalidos. Quer ver Jesus? Ame e direcione sua vida (ou pelo menos parte dela) para os pobres. Não creio, como Leonardo Boff defendeu, que nos pobres visualizamos Jesus. Mas penso que quando nos voltamos para promover a justiça e a misericórdia temos a alegria de vê-Lo. Perceba que a identificação que Cristo faz com o desfavorecido se dá no e pelo processo de sua rendição (Mt.25).

 

Quero terminar sugerindo a você que ao invés de fazer força num movimento intimista e “místico” que você busque discernir a face de Jesus por meios mais simples e racionais. Porque estes permanecem, embasam e sustentam a nossa fé.

Pr.Sergio Dusilek – sergio@ibmarapendi.com.br

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: