Novos Caminhos, Velhos Trilhos

junho 17, 2010

“NÃO JULGUEIS PARA QUE NÃO SEJAIS JULGADOS” (Mt.7:1-5) – Parte 2

Filed under: Teologia — sdusilek @ 11:00 am

Por que então Deus nos deu a capacidade de julgar? Aqui como prometi, exponho alguns motivos de uma lista não esgotável,  que penso serem indicativos do porquê Deus nos dotou com essa capacidade inerente:

1) Porque um mundo catatônico seria chato demais. Imagine ver o mundo como um zumbi. Não dá. Uma das coisas que dá dinamicidade a vida é nossa capacidade de fazer juízo. Elaborar síntese nos permite sentirmos indignação. E da indignação surgem os grandes movimentos reformadores na sociedade. Juízo é importante para que o tecido social não morra; pode apodrecer, mas não morrer.

Usei o termo catatônico e não robótico porque os robôs hoje vêem com inteligência artificial, uma espécie de juízo programado que os fazem avaliar alternativas, tomar decisões, escolher caminhos, isto é, emitir um “juízo”. Um mundo sem juízo seria então mais sem graça que um mundo robótico, “matrixizado”. Graças a Deus porque Ele nos deu as cores do juízo!

2) Porque o juízo é um instrumento de sabedoria. Sábio é aquele que aprende com os próprios erros. Mais sábio ainda é aquele que aprende com os erros dos outros. Porém, como saber que o outro errou ou mesmo acertou? Essa diferenciação e qualificação só é possível pelo juízo. Quando avaliamos/julgamos a ação do outro e optamos por não repetir os mesmos erros, somos então sábios. Juízo e sabedoria andam de mãos dadas.

3) Porque a falta de consciência (auto-julgamento) faz com que causemos dor àqueles a quem servimos (Warren Wiersbe). QUEM NÃO SE JULGA ACABA PELOS OUTROS SENDO JULGADO! Como é triste ver líderes que se perderam ao longo da trajetória de vida e que agora causam dor aos seus liderados justamente por não terem o bom senso de se avaliarem!  Juízo é importante para que influenciemos positivamente as pessoas.

4) Porque o juízo é importante no serviço e balizamento do outro, uma vez que ele nos melhora e permite que se crie um canal vivo de compartilhamento de experiências. O juízo viabiliza o caminho da exortação (parakaleo) palavra tão cara ao Novo Testamento. Aliás ser exortado é para todos; acatar a exortação, só para os crentes.

5) Por fim, Deus nos deu a capacidade de julgar porque o juízo nos mostra que nós somos devedores e por isso, carentes do perdão e da Graça de Deus. Sem juízo, não há arrependimento. Sem arrependimento  não há necessidade de perdão. Sem perdão não há derramar da Graça de Deus. E sem Graça não há salvação. Em outras palavras: o juízo é uma benção porque é fundamental para que haja salvação.

Você já pertence a Jesus? Caso não, abra seu coração, sua vida para Ele agora. Se você tem algum juízo (e de todo o coração espero que tenha) só nos cabe reconhecer que somos pecadores, deveores de Deus e que precisamos da sua Graça, do seu perdão. Confesse então a Jesus como seu Senhor e Salvador. E lógico: procure uma igreja batista perto de você para que você cresça na fé.

Abração,

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

1 Comentário »

  1. Fiquei extremamente feliz qdo vi esse estudo aqui! =)
    Foi muito importante qdo ouvi lá na igreja, mas ler em casa com calma e ja tendo ouvido antes fez tudo ficar ainda ais claro!!
    Que Deus continue te inspirando dessa maneira, vc é benção em nossas vidas!
    bjãoo

    Comentário por Carolzinha — junho 22, 2010 @ 10:11 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: