Novos Caminhos, Velhos Trilhos

março 4, 2010

PARA ONDE DÃO AS SUAS JANELAS (Daniel 6:10b)?

Filed under: Estudos — sdusilek @ 10:16 pm

Houve um momento da vida de Daniel que foi crucial. Pessoas que o cercavam e que não eram suas amigas (nem todos que nos cercam nos amam) quiseram incriminá-lo. Fizeram de tudo, mas nenhuma auditoria ou mesmo uma proposta indecente corrompeu a incrível integridade daquele profeta (v.4). Até que armaram uma cilada ligada a questão de fé (v.5). Pois foi nessa hora de injustiça, de conluio, de ameaça a própria vida é que encontramos Daniel prostrado diante de Deus diante das janelas do seu quarto (v.10). É dessa linda imagem bíblica que queremos extrair algumas lições.

A primeira delas atem-se ao fato de que janelas apontam para os referenciais que temos na vida. Tudo que Daniel era em essência estava ligado a Jerusalém, não tanto a terra, mas para o significado dela. Em Jerusalém ele aprendera a amar a Deus. Em Jerusalém ele aprendera a depender de Deus. Por isso suas janelas davam para Jerusalém. Aquilo que não era acaso. Daniel resolveu fazer de seu lar um memorial de fé. Aprendo aqui com Daniel que semelhantemente Jerusalém tem de ser nosso referencial. Não a Jerusalém palestínica, mas sim a celestial. Quem vive orientado para a Jerusalém celestial vive orientado por Deus. Gente assim tem janela que dá para o céu. Gente assim tem referenciais de vida que são eternos.

Justamente porque as janelas dão para o céu é que elas ficam abertas. Não adianta ter janelas voltadas para “Jerusalém” se elas estiverem fechadas. Janelas fechadas não recebem coisa alguma. Janelas abertas estão escancaradas para tudo que vier do trono do Altíssimo (que está na Nova Jerusalém), seja em forma de bênçãos, de consolo, de alegria, de realização ou mesmo de repreensão. As janelas da sua alma estão abertas ou fechadas para Deus?

As janelas são importantes porque por elas a luz entra numa casa. E quando pensamos em luz é impossível desassociar do Senhor, pois Ele é luz (I Jo.1:5). Há lares e vidas que vivem uma escuridão porque não permitem a entrada da luz. São cubículos sem janelas. Não querem saber da igreja, de meditar na Palavra, de orar… janelas essas que Deus criou para que a Luz pudesse entrar. Na própria organização pessoal da vida, não há espaço/janela para manter um momento devocional e de comunhão com Deus. Se esse é seu caso, chegou a hora da marreta. Quebre esse cubículo e estabeleça janelas nele!

Janelas dão para a transparência. Quem tem janelas não tem vergonha de mostrar o que é, a parte de dentro de sua vida. Daniel era assim. O texto citado ele afirma que Daniel continuou fazendo e sendo o que era. Ele orava antes. Continuou orando depois do decreto ameaçador do rei. Sua vida é transparente? Ou faltam janelas?

Por fim janelas apontam para onde olhamos, para até onde nossa visão alcança. E falar em visão é também falar em esperança. Daniel tinha a esperança de que mesmo num contexto todo desfavorável Deus o usaria. Ele tinha esperança de que mesmo recebendo uma sentença de morte (aquele decreto real representava isso) a última palavra sobre sua vida estava com o Senhor! Aleluia, porque noticias e prenúncios ruins não são maiores que o Senhor nosso Deus! E nEle podemos colocar nossa esperança! As coisas andam complicadas? Coloque sua visão no Senhor Jesus! Ele renovará a sua esperança! Aliás Jürgen Moltmann vai lembrar que esperança é uma herança e peculiaridade cristã.

Afinal, para onde dão as suas janelas?

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

3 Comentários »

  1. Tenho usado uma expressão adquirida do Livro “Conhecendo Deus e fazendo a sua vontade”: CRISE EM FÉ. Tudo o que aconteceu no dia 5 me deixou reflexiva por todo esse final de semana. A Palavra de Deus é rica e sua interpretação é livre. Textos tais como a experiência de Elias em I Reis 19; de Paulo em Romanos 8 e Gálatas 6.1-10 têm ocupado meu pensamento. Diante desses textos, saio ou fico? Qual a minha contribuição? O que Deus quer que eu faça? Estou no aguardo da direção do meu Deus.

    Comentário por Márcia Kopanyshyn — março 8, 2010 @ 11:53 am | Responder

  2. Pr Sérgio, Texto muito forte, é pra parar e refletir… obrigada mais uma vez pela sua instrumentalidade!!!

    Comentário por Ritta — março 8, 2010 @ 3:22 pm | Responder

  3. gloria Deus estou sentindo uma unção tremenda nesta palavra estou falando em mistério com Deus nesta hora que palavra maravilhosa

    Comentário por Elias rodridrigues ferreira — agosto 2, 2016 @ 7:23 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: