Novos Caminhos, Velhos Trilhos

junho 4, 2009

EVANGELHO DOS MILAGRES OU MILAGRE DO EVANGELHO?

Filed under: Estudos — sdusilek @ 7:52 pm

Penso na Tijuca (bairro daqui do Rio de Ja neiro) como um símbolo do adoecimento do povo brasileiro. Símbolo também de um espectro religioso distante do puro ideal de uma religião, ainda mais quando ela (Cristã) se propõe a ser A verdadeira. Falo da visão que tenho de uma Tijuca onde proliferam financeiras e agencias correspondentes de bancos, assim como “igrejas”.

Para que fique claro para você, não considero que o crescimento de uma igreja ou a proliferação de “igrejas” seja sinônimo de progresso do evangelho, de “avanço” do Reino. No caso da Tijuca (e de outros milhares de lugares), parece mais como uma reação ao contexto social. Isso porque essa proliferação de igrejas nada tem haver com o cerne do evangelho (seu Milagre maior e ultimo que é a salvação), mas sim com o cerne do capitalismo na sua busca por um bem estar pessoal/social. Por isso nós considerarmos esse movimento como uma proliferação do evangelho dos milagres, uma espécie de “espiritualidade/dinheiro fácil pela fé”.

Para a linha do “Evangelho dos Milagres” o milagre é mais importante que a Palavra. Toda preparação espiritual, todo jejum, toda oração é para revestimento de poder afim de “operar” milagres, e não para ser revestido de poder para pregar a Palavra. Tudo é em prol do milagre, da facilidade, da promessa da instantaneidade. Do resultado fácil.

A Palavra torna-se então algo de menor importância. O fenômeno sobrenatural, místico, é o que tem mais peso. A busca no fundo não é pela vontade de Deus, mas por um Deus que faça a nossa vontade. Ir a igreja é sinal de que no Evangelho há milagres, e não que o evangelho represente o próprio Milagre.

Aqui cabe um parêntesis. É importante entender um pouco o Milagre e o propósito do Milagre. C.S.Lewis defendia a tese de que o milagre genuíno é quando é operado algo novo, como efeito causador e depois as leis naturais estabelecidas por Deus voltariam a seu curso normal. É como se Deus criasse um hiato temporal, uma lacuna, um intervalo no qual Ele operou algo para além da razão humana, trazendo a vida a sua normalidade. Nesse sentido, milagre não distorce, nem deforma os outros. Milagre restaura e traz para a normalidade (Lc.7:15 e 8:35,55).

Mas e quanto o propósito? Tomás de Aquino dizia que “os milagres não servem para converter, mas sim para condenar”. Quando Jesus fez seu lamento sobre as 3 cidades impenitentes (Lc.10:13-16), Ele exemplificou essa máxima. Na verdade a fé vem pelo ouvir, pelo contato com a Palavra de Deus (Rm.10) que aponta para Jesus como autor e consumador da nossa fé (Heb.12:1-2). Como bem dizia Pascal, “o que nos faz acreditar é a cruz”. De fato a maior pregação cristã é a cruz.

E como fica o evangelho hoje? Parece que mais voltado para os milagres do que para o propósito da restauração. Jesus não veio aqui para ser conhecido como o Mister J da espiritualidade. Jesus aqui veio para que nós pudéssemos receber o milagre do Evangelho, que é a regeneração.  

Minha oração é que você seja nova criação, benção do Senhor para os que lhe cercam! Pessoa totalmente regenerada, restaurada pelo poder do evangelho. Crente alvo do maior milagre: o milagre transformador do próprio Evangelho.

Pr.Sergio Dusilek

1 Comentário »

  1. Pr. Sérgio, a Paz do Senhor. Sou convertida desde m/infância, moradora da Tijuca e membro atuante de uma igreja no mesmo bairro. Realmente aqui proliferam um sem número de igrejas e que, em sua maioria, não pregam um evangelho somente de “milagres” e sim o Jesus que opera milagres pois conheço muitas delas e é o que vejo. A igreja onde congrego, por exemplo, não compactua em nada com o evangelho distorcido de que o cristão não sofre, não tem problemas e que não passa por sofrimentos. Pelo contrário, passaremos por tudo isso com um Deus Poderoso em nossas vidas que, se quiser, muda as circustâncias. Então vejo a Tijuca como um bairro abençoado com tantas igrejas ganhando almas para o Reino. Fique na Paz. Geíza Maria Carvalho Moraes/Igreja Missionária Evangélica Maranata.

    Comentário por Geíza Maria Carvalho Moraes — junho 10, 2009 @ 1:11 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: