Novos Caminhos, Velhos Trilhos

fevereiro 17, 2009

O SALMO MAIS CONHECIDO DA BÍBLIA (23) – O SUPREMO PASTOR

Arquivado em: Estudos — sdusilek @ 8:48 pm

O SALMO MAIS CONHECIDO DA BÍBLIA (23) – O SUPREMO PASTOR

Não sei se há outra parte mais doce nesse salmo do que afirmação que Davi faz de que o Senhor é o seu PASTOR. Também não sei se á outra parte tão mal compreendida quanto essa. Isso porque aquilo que se tem apresentado como pastor nos dias de hoje, muito pouco tem haver com a experiência pastoral real que Davi tinha e que de maneira muito feliz, transportou para o Senhor. Nosso problema reside exatamente aqui: quem tem sido nosso pastor? E de fato o Senhor é o nosso pastor? Quero lhe dizer um segredo: a sorte da sua vida depende de quem for o seu pastor.

O termo ovelha é bem aplicado para nós, embora não gostemos de ouvir as razões do mesmo. A ovelha é dos animais, tida como a menos capaz de cuidar da própria vida (uma vez virada, o pastor tem que ajudá-la a voltar ao normal, antes que morra ou se torne presa ainda mais fácil de predadores). Prova dessa inabilidade “pessoal” é que ela não consegue se limpar. A ovelha é tola, idiota. Não consegue aprender truques, por isso não é usada em circos. A ovelha é indefesa pois não possui presa, nem garra. E ela é um tanto quanto míope. Sua visão não é das melhores. Por isso quando tenta andar sozinha por um caminho sempre se arrebenta porque não discerne os perigos que estão à sua frente. Consegue perceber alguma semelhança contigo?

Sabe qual era a diferença entre ovelhas e ovelhas? O pastor que elas tinham. Phillip Keller destacou que quando a ovelha tinha um bom pastor, manso, cuidadoso, inteligente, corajoso, altruísta, dedicado, a ovelha era nutrida, amparada e crescia forte e viçosa. Mas quando o pastor era descuidado, relaxado, medroso, a ovelha mal sobrevivia. Sabe quem é o verdadeiro e bom pastor? JESUS – Joao 10:11,14 e Ez.34:16. Se sua vida está confiada a outra coisa, temo que você esteja agora definhando…

Justamente esse Pastor que tem sido desprezado é que se deixa apropriar. Deus permite ser chamado “seu pastor”. O DEUS GRANDE, criador do Universo, digna-se chamar de seu pastor e lhe convida a se considerar sua ovelha, objeto especial do seu cuidado e afago. Isso quer dizer, entre outras coisas:

a) Que Deus quer derramar azeite sobre o seu sofrimento, sobre a sua dor, para que voce seja curado;

b) Que quando faltar forças para caminhar, o Supremo Pastor a porá no colo. Que imagem confortadora e belíssima: Deus quer nos carregar no colo! Aleluia!

c) Que Deus tosará você quando seu pelo estiver grande demais evitando assim que voce fique preso nos arbustos e armadilhas da vida. Quanta gente está presa em arbustos! E quantos predadores têm se aproveitado dessa fragilidade!

d) Que Deus conduzirá você! Ter pastor não é sinônimo de viver no cercado. Ter pastor é sinal de que temos alguém que nos conduz para fora (Joao 10:4/Jer.3:15), que nos leva além dos limites que conhecemos e que nos dirige os passos quando estivermos passando por locais “estranhos” à nossa peregrinação e pastagem.

e) Que Ele nos convida a reconhecê-lo como propriedade dele. Ele nos criou. Cabe então a nós reconhecer Seu senhorio sobre nós. Antigamente essa certificação de propriedade era feita por uma marca na orelha da ovelha. O pastor era então convidado a, com sua própria faca, fazer uma marca na orelha da ovelha, o qual a distinguia das demais, mas que também causava algum tipo de dor. Reconhecê-lo como Senhor é torná-lo como nosso pastor! E de igual modo somos marcados. Somos selado pelo Espírito Santo da Promessa (Ef.1:13-14).

Fato é que a privatização, herança da vida moderna, tornou o ser humano cada vez mais absolutizado. Por isso os dizeres de Isaias (53:6) são tão atuais quando revelam o sonho de quem tenta andar por esse mundo sem pastor e sem direção. Sonho no qual “cada cabeça é uma sentença” acaba virando pesadelo (Lc.15:11-32). Gente que acaba ouvindo outras vozes a guiar suas vidas que não a do pastor. Paradoxalmente a essa noção, Deus se permite ser individualizado e pessoalizado, mesmo porque uma das marcas do bom pastor é sua proximidade com a ovelha que possibilita o cuidado. Pastor é aquele que liga seu destino ao destino do seu rebanho. Por isso ele dá a vida pelas suas ovelhas (Joao 10:15). Já o ser ovelha é conectar seu coração e sua vida ao Pastor.

Que o Sumo Pastor nos abençoe e guarde!

Pr.Sergio Dusilek

sdusilek@gmail.com

About these ads

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: